segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Homenagem à querida Ná

Não foi um amor a primeira vista...

Ela ficava no fundo da sala e eu na frente. Fazíamos parte de turmas distintas. Dávamos apenas tímidos “ois” nas noites de novas descobertas.

Linda e toda charmosa, Nayara possui olhos verdes que refletem o tamanho da sua alma (generosa e especial). Durante as tensas aulas de Teorias da Comunicação II, numa dessas noites quase qualquer, saímos juntos da sala e começamos a conversar. Em poucos minutos uma identificação arrepiante. Selamos amizade!

A partir de então, a dócil Na passou a ser uma de minhas melhores amigas dentro da faculdade. Fazemos parte do mesmo grupo, dos mesmos sonhos, dos mesmos gostos pela música, da comissão de formatura e um bocado de outras coisas que a gente se identifica! Também nos divertimos à beça quando vamos ao DP Bar em noites em que as aulas são suspensas! Viva a Brahma! Deliciamo-nos com os amendoins...

Em abril vivemos um momento único. Assistimos, juntos, e mais um punhado de gente legal, o show “Samba Meu”, de Maria Rita. Os dois ficaram boquiabertos com o talento daquela morena!

Agora, vamos marcar uma ida a São Paulo para ver Maria Bethânia! Enfim, Na, hoje é o seu dia, em que as estrelas cósmicas renovam todas as expectativas em seu mapa astral ou campo astrológico: Paz, saúde, amigos verdadeiros, boas energias e amores (que tirem o seu ar) desejo aos leads de sua vida. E, não tenha dúvidas, estou aqui sempre... Para o que você precisar.

Parabéns. Um beijo carinhoso de fã.

Um comentário:

Nayara C'Oliveira - Naná disse...

Você, realmente, sabe como me tocar a alma. Obrigada por tudo Rô. Obrigada por fazer parte da minha vida, pela homenagem e por ser esta pessoa maravilhosa.

Tenho certeza de que não apenas a minha vida, mas a de todos que te conhecem, ganham mais cor e brilho. Você é maravilhoso, e sem dúvidas, meu eterno ídolo. Te amo! MUITO.